quarta-feira, 18 de março de 2009

DEUS ESCOLHE OS FRACOS


Deus escolhe as coisas fracas para envergonhar as que são fortes! Foi o que afirmou o apóstolo Paulo em sua primeira epístola aos Coríntios. “Porque, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados. Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; para que nenhuma carne se glorie perante ele” (1Co 1.26-29). Só o Senhor é Deus, e digno de honra, glória e louvor! Reconheçamos a nossa fraqueza e incapacidade humana diante da Sua grandeza e poder e aprendamos a depender Dele para vivermos em vitória. Aos olhos de seu pai e de toda a sua família, Davi, o filho caçula, era dispensável, por isso não foi chamado para o sacrifício que seria realizado pelo profeta Samuel. Se não fora o Senhor, ele teria sido excluído pelo preconceito de seus familiares e do próprio Samuel, que estava impressionado com os filhos de Jessé. “Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração” (1Sm 16.7). Depois da repreensão divina e da investigação profética, descobriu-se a falta do pastor de ovelhas, ao que declarou o profeta: “Manda chamá-lo, porquanto não nos assentaremos até que ele venha aqui” (v.11). Ao vê-lo, Samuel ouviu a voz do Espírito dizendo: “Levanta-te, e unge-o, porque é este mesmo”. Deus estava buscando um homem para Si e encontrou um homem em busca Dele. Davi declarou: Vive o Senhor, e bendito seja o meu rochedo; e exaltado seja Deus, a rocha da minha salvação.

0 comentários:

Postar um comentário